Tudo vale a pena

Este é o mote do dia,

Para dizer que tudo se compõe,

Se constrói ou se impõe.

Tudo de relevo, preso por um fio.

Tudo se ganha, se perde, se supõe.

Tudo vale a pena…

Mesmo para aquele que se riu,

O pequeno esforço e o grande também,

Tudo vale a pena,

Que a alma não é de ninguém.

Errante, aquele que viu,

A marca do que ficou,

Tudo se esconde, se traz, sorriu.

Perante tal marca, sonhou.

 

Sara Farinha
…………………

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *