45 days Book Challenge – Dia 8: Livro tão mau, tão mau, mas tão mau que consegue ser bom

Chamem-me antiquada mas para mim, há bom, há mau e assim-assim. E há também muito bom e muito mau. Tão mau que consegue ser bom não me ocorre nada. Se calhar porque se é mau, nunca chego ao ponto do terminar… Poderá ser o caso do “Profecia Celestina”?? Se algum dia o terminar faço uma festa!

P.S: Se falássemos de cinema sentir-me-ia tentada a apontar uma comédia qualquer que, habitualmente são tão más, mas tão más que são a verdadeira perda de tempo, mas que raramente (e é mesmo raro!) lá aparece uma que na sua estupidez infinita consegue ter alguma história e alguma piada.

…………

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *