Os meus Livros em 2011 e as Escolhas para 2012

Aqui estão alguns livros lidos em 2011, que de alguma forma me marcaram, e algumas escolhas para 2012.

Φ

Estes são os meus livros de 2011. Não estão organizados segundo nenhum critério específico, estão sim presentes nas minhas memórias deste ano, que está quase a terminar.

Num Vento Diferente” de Ursula K. Le Guin – “Os mistérios e a magia que envolvem estas páginas prendem o leitor na sua simplicidade e beleza.”

“Envy” de J.R. Ward – Correcção: qualquer livro de J.R.Ward. Este foi o último que chegou cá a casa, encomendado directamente dos EUA. Sobre Ward e a Saga dos “Anjos Caídos”: “Ward é uma escritora muito crua, com um diálogo curto e conciso, mas muito alegórico. Usa a gíria e o calão de uma forma inteligente, adaptando os discursos às suas personagens, que usualmente são representações perfeitas de género e estilo.”

Um Refúgio para a vida” de Nicholas Sparks – “As personagens são cativantes e percebemos desde início que Sparks tem a mestria de criar uma personagem modelada, com dimensão suficiente para a tornar numa pessoa viva.”

“Kiss of the Highlander” de Karen Marie Moning – “This was a delightful book. Heartwarming and hilarious in turns, it kept my interest. I really enjoy the fact that KMM’s heroines tend to be very intelligent and capable. It’s nice to see that in romances. I don’t see why a heroine can’t be smarter than the hero or more accomplished. “ in Goodreads.

“O Homem Pintado” de Peter Brett – “A cobardia, a coragem, o medo, a luta, os valores familiares e o amor, são as bases das histórias destas três crianças que cedo se tornam adultos. A imagem duma sociedade fragmentada e corrupta, que vive no medo e na ganância, aproxima o leitor das suas personagens.”

“Memórias de um Vampiro” de Rafael Loureiro – “É um bom livro sobre Vampiros, uma abordagem despretensiosa e sincera, que facilmente seria rival para qualquer outra história de origem estrangeira.”

“The Power of Myth” de Joseph Campbell – “We have our current generation of 30 somethings that still dress like teenagers, go to rock concerts, and still think that having ‘commitment issues’ is cool. Why do people spend so much time trying to ‘find themselves’ now? Partially due to the lack of a cohensive culture and unit that people can base off of.” In Goodreads.

“An Unforgettable Lady” de Jessica Bird –“No matter the stage in her career Bird/Ward can write the desirable and initially unobtainable dark and tortured heroes like no other.” In Goodreads.

“Clockwork Angel” de Cassandra Clare – “As personagens são cativantes e a cadência da história envolve o leitor neste mundo de Shadowhunters em cartolas e vestidos princesa.”

“Guilty Pleasures” de Laurell K. Hamilton – “Anita Blake de “Anita Blake series” de Laurell K. Hamilton. Só faz m****, mas sempre convicta que os seus motivos são válidos e que faz o melhor com o que tem.” Parei no 11º livro da série e não sei quando irei lá voltar porque, dentro do género, tornou-se numa história fraca o que me fez desinteressar da série.

“Last Sacrifice” de Richelle Mead – “I was preparing myself for “Last Sacrifice”, I thought it would have one of those unhappy endings. But nope, not happening! And I’m glad. The fast paced rhythm, the mystery and the solutions found made a great ending, worthy of the whole series.” My review on Goodreads.

“On Writing” de Stephen King – “On Writing é uma opinião sincera de Stephen King sobre a arte de escrever. E a sinceridade da sua escrita cativou-me da primeira à última página.”

“O braço esquerdo de Deus” de Paul Hoffman – Review no Goodreads.

“Percepção, uma estranha realidade” de Sara Farinha – Definitivamente um livro de 2011, 2012 e de muitos anos vindouros…

Φ

Em 2012 tenho uma lista de livros a ler algo extensa e não sei bem quando serei capaz de a reduzir. Desconfio que a palavra seja “Nunca”. E ainda bem! Por isso prefiro deixar-vos aqui aqueles que pretendo ler asap assim que as minhas finanças o permitam, ou a oportunidade surja.

“A Game of Thrones – A Song of Ice and Fire” de George R.R. Martin – Andava por aqui a resistir, por motivos insondáveis, mas acho que vou experimentar o primeiro… versão original se puder ser.

Saga Kushiel de Jacqueline Carey – Os dois primeiros volumes estão lá em casa a ganhar pó. Comecei há uns meses e depois parei. Será que é desta??

“Interview with the Vampire” de Anne Rice – Sendo uma viciada em vampiros de vários géneros, até parece mentira que ainda não a li… 2012. É possível!

“Lover Reborn” da Saga The Black Dagger Brotherhood”, “Na Sombra do Amor” e “Inveja “ da Saga Anjos Caídos (será o título escolhido??) de J.R.Ward

David Soares – Ando a reunir coragem para embarcar num livro dele. E, como se nota, ainda não escolhi qual será.

“As Quatro Últimas Coisas” de Paul Hoffman – Anda na minha wish list há uns tempos, mas pretendo tirá-lo de lá em breve…

“Succubus Revealed” de Richelle Mead

“Senhores da Noite” de Carla Ribeiro

“Clockwork Prince” de Cassandra Clare

E mais uns quantos, que não estão aqui, e que irão sem dúvida passar pelas minhas mãozinhas.

Alguma sugestão de leitura para 2012? Alguma para o caso específico de ‘David Soares’? Agradeço a vossa ajuda 😉

ΦΦΦΦΦ

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *