Opinião: ‘A Arte do Inconformismo’ de Chris Guillebeau

“O objectivo deste livro é transformar a tua maneira de pensar sobre a vida e o trabalho.”

Esta é a primeira frase do primeiro capítulo do livro ‘A Arte do Inconformismo’ de Chris Guillebeau.

Longe de serem temas desconhecidos para mim, uma vez que a pesquisa nestes campos é algo que faço com frequência, são  ideias frescas trazidas por alguém que não tem medo de viver aquilo que sonhou.

Chris conta-nos um pouco da sua vida, dos seus hábitos profissionais e procura tornar claro que somos nós próprios o obstáculo para o nossos objectivos e felicidade. Neste livro ele propõe uma visão sobre o conformismo educacional, a frustração das expectativas alheias, a definição daquilo que nos move, as estratégias que estão à nossa disposição, a inventividade, o auto-enriquecimento, o espírito humano e por tantas outras que não consigo listar aqui.

Este é um daqueles livros que começa com uma premissa simples e aparentemente irrealista, mas é logo no Prólogo que nos confrontamos com essa simplicidade e a realidade de ideias que podem fazer a diferença. Cito: “Pensa por ti próprio em vez de seguires a multidão.”

Entre estratégias psicológicas e físicas, Chris deixa-nos algumas ideias sobre o que significa ser um autor, um blogger, um escritor de livros, mas, acima de tudo, Chris mostra-nos o caminho de um livre-pensador que procurou viver os seus sonhos e a sua profissão de uma forma comprometida e responsável mas Livre. Este é o contributo inspiracional deste autor para todos aqueles que têm o bichinho de ‘a vida não pode ser só isto’.

Foi uma leitura inspiradora e à qual retornei assim que terminei a última página. E nas palavras de Chris: “… há quase sempre uma maneira alternativa de alcançar uma coisa; deves fazer o que queres, em vez daquilo que os outros esperam; e o objectivo é alcançar o máximo de convergência possível à volta de tudo pelo qual és apaixonado.”

Que mais há a dizer? É uma leitura deveras interessante e que, se as sementes já existirem na nossa consciência, é um motivador para avaliarmos e concretizarmos aquilo que não achávamos ser possível.

ΦΦ

Artigos Relacionados:

Opinião: ‘Torne-se Pequeno e Pense em Grande’ de Seth Godin

Sugestão para uma leitura inspiradora

ΦΦΦΦΦ

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Um pensamento em “Opinião: ‘A Arte do Inconformismo’ de Chris Guillebeau”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *