Diário de Bordo: Actividades Literárias das Semanas 19 & 20

Mais duas semanas passaram a correr. Muito deste tempo despendi-o entre escritos, doenças, leituras e outros acontecimentos mais ou menos relevantes para este artigo. Focando o essencial, quero deixar a minha impressão pessoal sobre estes últimos dias:

Porque raio é que só quando olhamos para trás é que verdadeiramente vemos o que aconteceu? Beats me! *shrug*

Por isso começo este resumo das minhas actividades literárias com a vitória deste mês: acabei o Conto de Abril. Sim, poderia optar por me auto-flagelar pelo atraso mas não acredito que isso fosse construtivo. E considerando a luta que este conto proporcionou ele é, em si mesmo, uma vitória. 5.615 palavras, 14 sofridas páginas e mês e meio de angústia (Para saberem mais sobre este texto ver aqui…).

Depois, num rasgo de inspiração inesperada, dei comigo a escrever uma das coisas que menos gosto: Sinopses. Ah pois é! Quem já tentou sabe que, a par das biografias, são das tarefas mais esquisitas de empreender. Por isso é com orgulho que afirmo que numa assentada escrevi as sinopses dos 4 contos do Desafio 12 Meses/12 Contos. (Ver as sinopses aqui…)

Avançando para outros escritos, decidi submeter um micro-conto com destino a publicação na Fanzine Fénix nº2. Pretendia-se uma vinheta ou um conto, sobre o tema Bibliotecas e/ou Livros, no género Fantástico. 778 palavras num exercício interessante que preencheu algumas horas desta minha semana e contribuiu para o meu objectivo semanal e para melhorar a minha disposição.

Depois, e no âmbito de uma novidade literária a revelar em breve, juntei mais 996 palavras ao objectivo semanal. Este texto e as suas especificidades ficam em segredo até dia 02 de Junho. (Ver teaser aqui…)

Quanto ao Conto de Maio agrada-me poder dizer que encontra-se bem encaminhado. Contabiliza, neste momento, 2.429 palavras e está sensivelmente a meio. A outra novidade neste departamento é o facto de ser uma história ligada ao meu livro publicado “Percepção”. Descobri que Joana (e não só) ainda tem muitas histórias para contar e que este conto irá explorar uma ínfima parte dessas aventuras.

Quanto às leituras e aos desafios literários em progressão, o Reading Romances de Maio tem o objectivo mensal cumprido (dois livros por mês).

No domínio do Goodreads Reading Challenge vou esperar até ter concluído o objectivo a que me propus inicialmente para depois o alterar. A ideia é evitar o que aconteceu no ano passado (objectivo inicial de 60 livros; em Julho altero o objectivo para 80 tendo cerca de 50% completado; termino o ano com 67 livros e a sensação de que devia ter estado quieta).

Na blogosfera o menino dos meus olhos das duas últimas semanas foi o artigo ‘Sobre a Ficção Científica Social‘. Um misto de Palavras Soltas e pesquisa aplicada que propõe uma análise sincera aos preconceitos que acompanham este subgénero. (Ver Artigo Aqui…)

Relembro que continua a decorrer o Passatempo ‘Percepção, uma estranha realidade’, um acontecimento comemorativo dos seis meses de vida pública do meu livro.

A adesão tem sido crescente e constante mas ainda não suplantou as minhas expectativas (nem os resultados de outros passatempos relacionados) por isso deixo aqui novo apelo: Participem, Partilhem, Comentem e festejem comigo o semestre de vida de ‘Percepção’. (Ver Condições de Participação Aqui…)

E por aí? Como correm os desafios literários de 2012?

ΦΦΦΦΦ

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *