Recursos do Escritor: Quem és tu?

Não há nada pior do que entrar num site, blogue, página de qualquer tipo, lermos um bom texto para a seguir nos depararmos com a falta de informação sobre o seu autor. Lapso ou blog bannerintenção, é certo que deixa o leitor confuso.

Não é a primeira vez que foco, aqui no blogue, a importância da página ‘About’ ou ‘Sobre Mim’ (artigo ‘A importância da Página ‘Sobre Mim‘). Não desejando ‘bater no ceguinho’, quero voltar a firmar o que significa mostrar quem somos e o que pretendemos com o nosso cantinho virtual.

Desde o início que tive a noção da necessidade de mostrar aquilo que considero relevante sobre mim. Nos primeiros anos, como não tinha nenhum objectivo específico para este blogue, para além do divertimento que obtinha com a partilha daquilo que me fazia vibrar, não dei atenção a essa parte do processo. E foi assim que acabei com este lindo “domínio”… Estão a ver o problema, certo?

Depois, veio a vontade e a necessidade de trilhar um caminho orientado para objectivosteclado concretos e, com elas, a aprendizagem de como e porque se usam determinadas informações num espaço deste género.

No início tive bastantes dúvidas sobre o que colocar no ‘Sobre Mim’, sobre o que devia ou não mostrar, preocupações com opiniões alheias e afins. Até porque esta era uma faceta incipiente da minha vida, naquela altura, e longe de ser a dominante. Algures aí a meio, decidi que era altura de focar as minhas atenções no que realmente importa. Isso fez com que mudasse algumas formas de ver as coisas e pôs-me a trabalhar para criar e manter este espacinho, que sendo tão diferente dos blogues de crítica literária, exige outro tipo de preocupações.

Depois de ponderar as implicações de manter um espaço deste género, uma plataforma de autor, e de relembrar que ‘não há nada que tenha 100% de coisas boas’, aceitei a necessidade mostrar quem somos e o que é importante para nós, independentemente de opiniões ou perturbações. E bem que recebi algumas… nem todas boas ou válidas.

Redes SociaisComo Leitores escolhemos as nossas fontes e, se o acaso e a Internet, nos levam até um determinado destino, esperamos ser compensados por esse tempo despendido.  Se concordamos com isto também compreendemos que nos cabe a nós Autores provar e cativar. A falta de informação básica nos perfis deixa-nos, Leitores, desconfiados e prontos a zarpar para outras páginas. E, há que convir, como Autores a excelente construção de conteúdos, onde se incluem os pessoais, é ponto de honra.

Administrar um espaço virtual é uma tarefa válida, e cada vez mais relevante, e é nossa obrigação fazê-lo da forma mais profissional possível. O que inclui conteúdo relevante sobre nós próprios para além daquele que almejamos publicar diariamente.

Ponderem sobre isto e confrontem o vosso perfil com o dos maiores e melhores “monstros” virtuais do vosso nicho. Vêm diferenças? O que podem fazer para mudar?

Para aqueles que querem conhecer melhor a minha faceta de autora, deixo-vos aqui alguns caminhos para sítios onde partilhei algumas coisas sobre mim:

About me / Sobre mim

Entrevista no blogue ‘Mil Estrelas no Colo’

Entrevista no blogue ‘Morrighan’

Entrevista no blogue ‘Os Livros Nossos’

Ao Domingo com… Sara Farinha

ΦΦΦΦΦ

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Um pensamento em “Recursos do Escritor: Quem és tu?”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *