12 Meses/12 Contos: Conto de Março de 2013

Aqueles que nos conhecemMarço tem sido um mês de emoções fortes. Para além de todos  os acontecimentos (que tenho comentado aqui no blogue), também este desafio seguiu a tradição de Janeiro e Fevereiro de 2013 e não me deu tréguas.

Neste momento, contabilizo 7 contos desde o início do ano e, em todos eles, afirmo que me envolvi para lá do razoavelmente são. Interessei-me por alguns temas, embrenhei-me em pesquisa, e dediquei-me com indivisa atenção, certa de que cada um destes pequenos textos é algo único e especial.

Escolhi ‘Aqueles que nos conhecem’ como Conto de Março do Desafio 12 Meses/12 Contos de 2013. Voltei ao sobrenatural, à fantasia num mundo real e a uma imagem que me persegue desde que ouvi esta música (mencionada em baixo) pela primeira vez.

Aqui ficam os progressos do Conto de Março:

Inspirado em:Unfinished Business’ versão dos Mumford and Sons (original de White Lies)

Conto: ‘Aqueles que nos conhecem’

Palavras: 1.212 palavras

Progressos: Concluído

Sinopse: Samuel volta a casa depois duma viagem assustadora. Disposto a pedir perdão, encontra Eva na surdina imposta pela distância. Será ele forte o suficiente para se fazer ouvir, ou enfrentará a separação final sem a redenção?

Podem ler este conto aqui… parte integrante da Antologia ‘O Legado de Eros’ no Fantasy & Co.

Φ

Acompanhem este desafio na página ‘12 Meses/12 Contos‘ e deixem os vossos comentários.

Querem participar? É só deixar um comentário na página 12 Meses/12 Contos e começar a escrever. Todas as participações são bem-vindas.

ΦΦΦΦΦ

Gostaram deste artigo? Então subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

3 pensamentos em “12 Meses/12 Contos: Conto de Março de 2013”

  1. Quando se envolvemos para lá do razoavelmente são, comprova-se a patologia de que muitos sofremos e que a Sara já referiu anteriormente: Não se escreve por que se quer, escreve-se porque se precisa, tal como precisamos de ar para viver…

    Parabéns Sara

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *