Diário de Bordo: Resultados (horroríficos) das Metas Anuais de 2014

Diário de BordoNem só de vitórias são feitos os dias. Aliás, a maior parte deles são feitos de meias vitórias, de resultados obscuros e de derrotas. Assim foi 2014.

2013 havia sido um ano difícil em termos de concretização de metas literárias e de empenho naquilo que realmente importa. 2014 deu continuidade a esta tendência mas, com uma pequena nuance. Assim como a economia, que parece estar a querer recuperar, também o meu percurso de escrita parece ter começado a voltar ao eixo.

Mas, para já, vamos aos desafios e metas literárias do ano que acabou e aos seus resultados. Guardo o restabelecimento de metas de 2015 para um próximo artigo.

No âmbito da escrita, e no ano passado, defini:

1.ª Meta: Os Contos – escrever 12 contos

No final do 3º ano consecutivo do desafio Short Story Writing Challenge 2014: 12 Meses/12 Contos tenho a dizer-vos que este tem sido um exercício muito benéfico. Tenho visto melhorias a cada conto que escrevo e a cada ideia que produzo. Como em quase tudo o resto, durante este ano que passou, mantê-lo mostrou-se extenuante e de difícil execução.

Em 2014 escrevi 6 contos no âmbito deste desafio. Podem ler alguns deles aqui… na página do Fantasy & Co. ‘Actos de Dor’ (tema: suicídios em série) ‘Migalhas de Ontem’ (tema: Padeira de Aljubarrota) e ‘Tua Aurora’ (tema: Floresta Boreal) estão disponíveis para leitura online.

Resultado: 6 contos escritos em 12 estipulados. Enfim…

2.ª Meta: As Submissões – submeter 6 Contos a publicação

Se não produzi era difícil submeter. Neste âmbito, herdei a submissão de 2013 do conto ‘Somos Felizes’ no concurso da Antologia de contos ‘Por Mundos Divergentes’ da Editorial Divergência.

O lançamento em Lisboa ocorreu durante o ‘Fórum Fantástico’ a 14 de Novembro de 2014 e podem (devem) adquirir aqui… o vosso exemplar desta Antologia.

A outra submissão herdada foi o conto ‘Tudo vai no Outono’ submetido a concurso n‘A Sangue Frio Editores’. Fui contactada pela editora e procedemos às revisões do texto seleccionado mas, para já, parece que voltaram ao silêncio.

Ainda neste âmbito, submeti o meu poema ‘Pudesse eu viver’ para publicação no Vol. V da Antologia de Poesia Contemporânea ‘Entre o Sono e o Sonho’ da Chiado Editora. O lançamento voltou a ocupar o Casino Estoril mas, este ano, não compareci.

3.ª Meta: Poesia – Escrever um poema por semana; Publicar dois poemas por semana

A meta definida para 2014 consistia em escrever 1 poema por semana e publicar 2 no meu blogue dedicado à poesia, o ‘Ser Poeta’. Estive a analisar as estatísticas do blogue e verifiquei que, a partir de Setembro, deixei de conseguir publicar os dois artigos por semana.

Quanto à produção de escrita poética não consigo criar poesia por encomenda, tal como acontece em outros géneros logo, conto um total de uma dúzia de poemas novos a precisar de polimento.

4.ª Meta: Escritos de maior dimensão – Retomar ‘Percepção II’ e ‘A caminho de lado nenhum’. Escrever uma outra obra sobre a qual não quero dar pormenores

LOOOLLLLLLLL

‘Percepção II’ encalhou. ‘A caminho de lado nenhum’ continua encalhado. NaNoWriMo de 2014 nem sequer entrou nos planos. A obra sobre a qual não queria dar pormenores tem mais algumas páginas.

Quanto aos Desafios Literários de Escrita de maior dimensão entrei em Janeiro com o pé direito com o ‘My 500 Words’. A ideia consistia em escrever, no mínimo, 500 palavras por dia durante o mês de Janeiro. Superei esse desafio  (terá sido o único?!?!), e inaugurei o Contador de Palavras no blogue, onde fui registando os meus progressos ao longo do ano. Mas, também aqui, deixei de apontar a quantidade que escrevi nos últimos meses.

Neste momento a Total Word Count: ficou nas 44.046 palavras. Sei que escrevi mais do que isso mas, para aqui, não interessa nada.

5.ª Meta: Manter a publicação de 2 artigos por semana, assim como o ‘Top 3’ de artigos do blogue nas redes sociais.

50 artigos publicados em 52 semanas mas… falhei umas e compensei noutras. O número de visitas regulares aumentou assim como a quantidade de comentários a determinados artigos.

Este ano  decidi organizar o blogue de outra forma e agregar os artigos por rubricas. Assim, encontram no cabeçalho os caminhos para as páginas agregadoras de artigos, das quais constam: Escritos Publicados; Recursos do Escritor; Desafio 12 Meses/12 Contos; Palavras Soltas; Minhas Leituras.

Quanto ao ‘Top 3’, o final do ano também trouxe as suas dificuldades.

Quanto a isto tudo posso alegar aquela máxima atribuída a Benjamin Franklin

“Either write something worth reading or do something worth writing.”

6.ª Meta: Livros & Leituras – Ler 100 livros em 2014 dos quais, 40 sejam não ficcionais.

Quando defini esta meta sabia que seria muito difícil cumprir. Em 2013 li 100 livros, ali à recta, porque tive o tempo para isso. Em 2014 sabia que tal não se repetiria… e tinha razão. Apontei, mesmo assim, para o impossível e fecho o ano com 31 leituras, dos quais 5 enquadram-se nos não ficcionais (na prateleira ‘mind-tools‘ no Goodreads). Poucas, mas muito boas, como podem constatar aqui…

7.ª Meta: Desafios Literários Escrever (pelo menos) 500 palavras por cada dia de Janeiro ao abrigo do Desafio ‘My 500 Words’ (ver aqui…). Assistir às aulas de Yale em Teoria da Literatura (ver aqui…)

Como mencionei, anteriormente, o ‘My 500 Words’ correu na perfeição. Quanto às aulas de Yale sobre ‘Teoria da Literatura’ ficaram à espera de ter uns bocadinhos de tempo para as encaixar (sendo que isto de pára/tira apontamentos/arranca tende a complicar o tamanho dos bocadinhos despendidos).

8.ª Meta: Projectos Públicos Diversos – Apoiar o projecto (Fantasy & Co.) dentro das minhas possibilidades e capacidades; Escrever pelo menos 3 contos, sem constrangimentos de temas ou semanas especiais; Participar mais naquilo que são as actividades inerentes ao funcionamento do grupo.

Também neste ponto, o final de 2014 tem sido marcado pela ausência da minha parte. No decorrer do ano escrevi 3 contos, todos ao abrigo das votações dos temas mensais (que podem ler aqui…: ‘Actos de Dor’ (cujo tema são os suicídios em série) ‘Migalhas de Ontem’ (cujo tema é a Padeira de Aljubarrota) e ‘Tua Aurora’ (cujo tema é a Floresta Boreal).

Quanto à publicidade nas redes sociais e partilhas, também tem sido muito difícil acompanhar e divulgar, uma vez que tenho estado muito menos presente na vida virtual. Os últimos 3 meses têm sido de “reclusão”, tendência que espero saber dosear melhor no ano que se aproxima.

E isto foi 2014. O que virá em 2015?

O próximo artigo o dirá…

ΦΦ

Artigos Relacionados:

Diário de Bordo: Adeus 2013!!! Olá 2014!!! Metas Anuais

Diário de Bordo 2013: Adeus 2013!!! Os meus escritos

Diário de Bordo: Adeus 2013!!! Os 13 artigos mais visitados e os meus preferidos

ΦΦΦΦΦ

Entrem em 2015 com os meus devaneios literários (e afins). Subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

Ou

Conectem-se comigo aqui:

sarafarinha.wix.com https://blog.sarafarinha.com sara.g.farinha@gmail.com@sara_farinha  goodreads_Sara Farinha  facebook  google+ sarafarinha  Pinterest youtubetumblr-icon

2 opiniões sobre “Diário de Bordo: Resultados (horroríficos) das Metas Anuais de 2014”

  1. Prezada Sara, sou um dos seus leitores e seguidores do seu blog. Pois admiro muito o seu trabalho e talento, e saiba que você me inspirou para também criar um blog chamado: erdeoliveira@gmail.com, nele também estou com um desafio de escrever 12 contos em 12 meses, mas dei o nome de “Uma Lua um conto”. Espero que, assim como você, eu esteja produzindo e aprendendo. Bons ventos Sara Farinha, Feliz 2015!!!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *