Desafios (quase) Literários: Encontra a tua Palavra para 2015

#findyourwordQuem acompanha este meu cantinho literário sabe que, de vez em quando, gosto de me meter nuns desafios esquisitos.

Várias vezes fui… chamada à atenção com coisas do género: “Tão pragmática, e depois… é isto.” Mas prevalece a vontade de procurar e apreciar coisas novas, mesmo se tidas em pouca conta pelos outros.

Nem todos os desafios são literários. Alguns são experiências pessoais que, por um motivo ou outro, apresentam-se como algo útil. São exercícios através dos quais testo premissas, aprendo, persisto… ou abandono. A cada desafio (parvo, como tantas vezes ouvi chamar) mantenho a convicção (fundamentada) de que são também estas coisas que enchem os nossos dias.

Assim, e depois dum #100happydays (falhado na partilha sistemática mas vitorioso em vivências), de um #My500words (de objectivos cumpridos, como podem ver aqui…), um #headspace (a retomar asap), um #porcoespinhodemarte e mais umas quantas experiências do género… cheguei ao #FindYourWord

Com quase dois meses de atraso, é certo, (e mais uns quantos até à publicação deste artigo) o que proporcionou a vantagem de ter vivido cerca de 50 dias neste novo ano , o que ajudou a colocar em perspectiva o que 2015 me trará. E, sim, isto é o que 2015 me trará. Depois de seguir os passos proposto por Susannah Conway, cheguei à minha palavra para 2015:

Cuidar / Nurture

Mas, vamos por partes…

A ideia é escolher uma palavra que nos guie neste ano de 2015. Uma espécie de mote para a vida que nos mantém atentos àquela área que consideramos necessitar de atenção no decorrer do novo ano. Num desafio como este, seria lógico encontrar a minha palavra antes do início do ano. Mas, como só me cruzei com ele agora, é agora o momento de começar.

Susannah ajuda-nos, em cinco passos, a encontrar aquela Palavra que irá ser a luz-guiacuidar para o novo ano. Ao subscrevermos o desafio, recebemos um e-mail por dia, num total de cinco, que nos ajudam a encontrar a palavra mágica.

Num cruzamento entre meditação, introspecção, artes gráficas e emoção, terminamos com uma (ou duas) palavras-chave e uma perspectiva bem mais interessante do ano que avança. Outras vantagens que considero importantes, e que este desafio potencia, é a imaginação para criar algumas coisas novas, a inspiração para escrever sobre o que de bom nos acontece, e a crescente sintonia com a vida diária.

Para mim, 2015 será o ano de Cuidar. Cuidar de mim. Cuidar dos que amo. Cuidar da minha vida. Cuidar da minha Escrita. Cuidar da minha casa. Cuidar de viver. Cuidar de enriquecer os meus dias.

journalEncontrei a minha palavra a 22 de Fevereiro de 2015, em parte porque reconheci nos dias iniciais deste ano a tendência que tem vindo a orientá-lo. Segui os passos sugeridos por Susannah Conway e, enquanto pintava a mandala (se optarem por este desafio, vão ver a que me refiro), tive a certeza que este é o mote para 2015 (que comprovei ter acertado por algo que me aconteceu nesse mesmo dia).

Tal como sugerido, criei um painel no Pinterest alusivo à minha palavra. Podem vê-lo aqui… Adoptei a versão Journal para apontar aquilo que se relaciona com ela (na imagem em cima)… E ando aqui a matutar no resto das estratégias para manter a minha palavra comigo ao longo do dia e aproveitar a inspiração que ela me tem trazido.

Encontrem a vossa palavra para 2015… e digam-me como correu.

ΦΦ

Artigos Relacionados:

Palavras Soltas: #100happydays

ΦΦΦΦΦ
Passem 2015 com os meus devaneios literários (e afins). Subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

Segue-me / Follow me:

facebook

twitter

google+

PinterestLogo

instagram

 

 

tumblr-icon

goodreads

youtube

 

Contacta-me / E-mail me:

sara.farinha@sarafarinha.com

2 pensamentos em “Desafios (quase) Literários: Encontra a tua Palavra para 2015”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *