Bem-vindos ao sarafarinha.com

cabeçalho blogMudei-me. Ah! pois é! Acabou-se o sarinhafarinha.wordpress.com e arranca o blog.sarafarinha.com

Qual é a diferença? Ahhhh diz que sarafarinha.com está oficialmente registado. E, também diz que, agora é a doer.

Mas, primeiro, vou contar-vos um pouquinho das aventuras deste blogue…

2007 foi o ano em que inaugurei a minha presença online. O meu primeiro blogue foi um exercício de experimentação, uma espécie de compilação das coisas que me (co)moviam. Nada sabia das regras de ter e manter um blogue mas, mesmo assim, arrisquei e andei por ali a brincar durante uns tempos.

Ao meu primeiro espaço virtual chamei ‘Mensagem’ em homenagem a esse nosso grande poeta Fernando Pessoa, e alojei-o no Blogger. Não sei ao certo quantas visitas tinha, masfernando-pessoa seriam decerto muitíssimo poucas… como é normal para qualquer blogue novo, de alguém desconhecido, e sem grandes ideias sobre qual o objecto/objectivo.

Andei por ali uns tempos, já não sei precisar quantos, em modo on/off e, depois de um período de mais off que on, acabei por perder o acesso ao espaço virtual (cenas à minha moda…)

Após muitas horas de leitura sobre escrita de blogues, objectivos, técnicas e afins, escolhi o serviço que me pareceu ser fácil de gerir, com uma liberdade maior em termos de características do espaço, e aquele que melhores referências tinha, caso optasse por fazer um upgrade. Então, decidi mudar-me para o wordpress.

Em 2010 inaugurei a minha nova morada virtual e, como não podia deixar de ser, houve banner_2014um contratempo (bem à moda da Sara): o meu nome já não estava disponível pelo que a pessoa que me ajudou a criar o perfil decidiu que sarinhafarinha era o ideal… Cenas à parte, o nome ficou (para meu grande horror) e o blogue também.

Contra todas as expectativas, em sacrifício do tempo pessoal e, por vezes, contra tudo e todos, comecei a escrever e a publicar neste meu espacinho virtual. Numas semanas com mais artigos, noutras com menos, recordo-me de celebrar com genuína felicidade as 10 visitas num dia, as 50 e, depois, as 100. Pouco a pouco e, artigo a artigo, fui construindo a minha base e o meu perfil público, preparando o que seria o lançamento do meu primeiro livro (em 29 de Novembro de 2011).

Ao longo dos anos os números têm aumentado. Das 52 visitas no primeiro ano de wordpress para as quase 37.000 em 2014. As pessoas têm regressado ao blogue de forma constante, os comentários e os e-mails têm surgido, e a noção que ajudo quem lê é motivo de orgulho profundo.

Conto 99.705 visitas. E, não são visitas únicas mas pessoas que voltam e que quando visitam não se ficam pela primeira página. São pessoas que seguem o meu espaço virtual, e as redes sociais em que me incluo. São pessoas que, se silenciosas, na sua maioria, mostram que estão presentes e interessadas naquilo que publico. E, a todas elas, quero comunicar o meu maior obrigada.

Às vezes é tão difícil reclamarmos para nós a designação de escritor. Particularmente naquelas fases em que não conseguimos encaixar o tempo para escrever ou, quando o temos, não dispomos da energia para o fazer. E quantos de vós se identificam com isto? Muitos, decerto.

A míriade de projectos que mantemos, devemos manter, e/ou desejamos manter é imensa e, por isso, manter o ritmo nas várias frentes é por vezes assombrosamente esmagador. Um blogue é uma óptima ideia mas… e os livros? e os contos? e o diário? e tudo o resto que temos de fazer? Ao fim de uns tempos torna-se difícil continuar a demonstrar as nossas capacidades de equilibristas. Muitos desistem. Alguns arranjam outras soluções. Uma pequena percentagem persiste.

E, como tinha pouco com que me coçar, em 2015 cá estou eu a inaugurar este novo espaço.

Em 8 anos de blogue descobri e aprendi muito. Têm sido anos de escrita específica, emteclado constante aperfeiçoamento, anos de uma espécie de Diário de Bordo nesta viagem por mares, ora calmos, ora revoltos. Anos a perseguir outros sonhos, cujo esforço não se espelha, neste espaço virtual mas que fazem parte deste percurso.

8 anos depois, não mudo a viagem, mas mudo o destino. Assegurei o espaço virtual para o meu nome e inauguro aqui o caminho directo para a minha plataforma autoral. Felizmente, a tecnologia hoje em dia já permite trazer comigo os anos de blogue wordpress com tudo o que escrevi e vivi nas páginas do passado (curioso. Tal e qual como a história da nossa vida.)

Persegui este projecto porque queria comunicar convosco e, como introvertida que sou, é sempre algo delicado de gerir. O meu alento em dias (noites) difíceis é saber que posso ajudar alguém a ir atrás dos seus próprios sonhos. Mesmo que o tema não seja o mesmo e o sonho bem distinto do meu. No final do dia, quando as pálpebras começam a pesar, e o cansaço a trepar, é isto (e mais umas coisas) que me impele a continuar. Como desistir não tem sido opção… Inauguro hoje a minha nova morada virtual: blog.sarafarinha.com

Com os caminhos em aberto e os olhos no horizonte, espero celebrar muitas mais visitas nos anos que aí vêm.

Sejam Bem-Vindos a este meu novo cantinho virtual…

E não se esqueçam de subscrever o blogue por e-mail (no primeiro botãozito redondo, da lista aqui do lado esquerdo) e de deixarem os vossos comentários neste novo espaço.

ΦΦΦΦΦ

Passem 2015 com os meus devaneios literários (e afins). Subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

Segue-me / Follow me:

facebook

twitter

google+

PinterestLogo

instagram

 

 

tumblr-icon

goodreads

youtube

 

Contacta-me / E-mail me:

sara.farinha@sarafarinha.com

3 pensamentos em “Bem-vindos ao sarafarinha.com”

  1. so quem ja fez um blog sabe o quanto e difícil e complicado não adianta copiar o conteúdo de outras pessoas e necessário criar sua própria identidade.

    1. Olá José. É verdade. É difícil gerir um blogue (ou dois ou três, como é o meu caso) a par de tudo o resto que fazemos na nossa vida diária. É imperativo criarmos a nossa própria identidade como escritores e isso é algo que demora muito tempo e exige muito trabalho e, nem sempre, transparece naquilo que escrevemos.

      Sê bem-vindo a este meu cantinho virtual. Espero que gostes e continues a deixar o teu feedback.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *