Opinião: “Vale a pena? – Conversas com escritores” de Inês Fonseca Santos

Vale a pena

Começo a escrever esta opinião antes de terminar a leitura deste livro. Tenho receio de me esquecer de alguma coisa. E, acho que, muito ficará por dizer.

Continuo a escrevê-la já o terminei há bastante tempo mas, primeiro, surgiu um texto mais… apaixonado sobre esta leitura (que podem ler aqui…).

Nestas conversas francas, muito parcialmente registadas nestas páginas, fiquei com a sensação de que teria ouvido/lido, sem qualquer frete, a totalidade das palavras de algumas destas entrevistas.

É curioso como gosto de poder entrar na cabeça destas pessoas que, fazendo parte da engrenagem (uma espécie de geringonça desarticulada da máquina literária portuguesa), não se coíbem de dizer aquilo que pensam sobre assuntos que nos tocam a todos.

Isso e, evitava o discurso em segunda mão de quem ouviu, conversou e, depois, adaptou ao texto em mãos aquilo que ouviu.

Como todos os livros decentes, estas páginas deixaram-me a pensar. Contemplando algumas escolhas que fiz, e faço todos os dias, deparei-me com alguns argumentos polémicos mas certeiros. Mas, as questões pessoais deixo-as para outro artigo mais franco.

O objectivo desta leitura é entrar nas mentes, e experienciar um pouco, as vivências de escritores portugueses que há muito sobrevivem da sua escrita e seus derivados. Penso que foi uma espécie de experiência social que levou a autora a reunir estes testemunhos e articulá-los de forma a compôr uma realidade moderna da vida de alguns autores conhecidos.

Gostei de ler as suas palavras directas apesar de, por vezes, as opiniões se confundirem com a voz da autora. Fiquei com a sensação que se fosse um documentário teria asistido à totalidade das gravações. Gosto sempre de saber o que os outros pensam sobre esta arte tão vandalizada.

“Vale a pena? – Conversas com escritores” é uma publicação da Fundação Francisco Manuel dos Santos e conta com entrevistas a onze escritores, de seus nomes: Afonso Cruz, Álvaro Magalhães, António Cabrita, António Mega Ferreira, Catarina Sobral, Helder Macedo, Luís Quintais, Mário de Carvalho, Miguel Real, Paulo José Miranda e Patrícia Portela.

Foi um livro-projecto. Uma espécie de experiência social de tema cultural. No geral, foi uma leitura bastante prazeirosa em que pude comparar aquilo que os outros (grandes, reconhecidos, publicamente respeitados) escritores pensam com algumas das ideias que tenho reunido ao longo destas minhas décadas de curiosa pelas artes da escrita.

É uma leitura que aconselho. Mais um livrinho a incluir na prateleira de Leituras para Escritores e com conteúdo a encaixar naquele que a nossa experiência pessoal nos dita.

Encontram este livro aqui…

::::::::::::::::::::::::::

Subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

Um pensamento em “Opinião: “Vale a pena? – Conversas com escritores” de Inês Fonseca Santos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *