Sobre Mim/About Me

sobre mim about me

Como diz a célebre frase “não há coragem sem medo”. Provei-o, vezes sem conta. 10 anos de blog e, continuo a sentir o formigueiro na barriga, cada vez que carrego em Publicar.

Medo. Está sempre lá. Continuo a clicar em Publicar. Continuo a Escrever. Continuo a viver esta realidade que é a minha. Com mais seguidores ou menos, mais visitas ou não, continuo a escrever porque não sei viver sem o fazer.

Em miúda apaixonei-me pelos livros do meu pai. Ou seja, os livros da biblioteca dele. Mas, não aqueles que ele queria que eu lesse. Torci o nariz a “Ivanhoe” e “Robinson Crusoé”. E, quantas vezes disse Não à “A Costa do Mosquito”? Perdi a conta.

Devorei as peças de Shakespeare, “A Flecha Negra” de Stevenson e mais uns quantos. O meu pai tinha (e tem) muitos livros por onde escolher.  Agora, anda por lá um do Michio Kaku a fazer pirraça. Isso e, levou o meu Almanaque Bertrand de 1918 (honras a um dos alfarrabistas da Baixa Lisboeta), para ler.

Foi algures na minha pré-adolescência que iniciei a colecção “Os Cinco” e convenci o paizinho a oferecer-me “O Drácula de Bram Stoker” numa Feira do Livro de Lisboa (quem não achou piada foi a minha mãe).

Poesia. Comecei cedo a ler “The Mad Fiddler” de Fernando Pessoa e Florbela Espanca. Rabiscava umas coisas sempre que me sentia inspirada, ou triste, ou qualquer coisa.

Mas, escrever a sério foram letras de músicas. Primeiro, comecei por reinventar as cantigas mais conhecidas. Os Guns n’ Roses eram a minha banda favorita da época. Depois, comecei a criar a minha própria música. Naquela altura achava que podia cantar e compor.

Mais tarde, fiquei-me pela escrita apenas. Do que fosse. De tudo. Tudo o que não se classificasse como Diários. Esses tinham, sempre, as páginas contadas. Sim, continuo com uma espécie de ódio de estimação aos Diários.

Publicado tenho este blog, com uma década já feita, um livro de ficção/fantasia (Percepção – Ed. Alfarroba), alguns poemas em Antologias da especialidade (Chiado Ed.) e no meu outro blog (Ser Poeta), um conto distópico numa antologia sobre o tema (Por Mundos Divergentes – Ed. Divergência), e um mini-conto numa outra (Fénix N.º 2), um conto em auto-publicação (Dragões de Simir – Smashwords) para download grátis, e mais uns quantos num blog dedicado à fantasia e ficção portuguesa (Fantasy & Co.) também disponíveis online para leitura.

Livros escritos tenho alguns na gaveta… que nunca sairão de lá. E, do resto, também.

Agora, sobre mim, pessoalmente… Mudei de vida, não há muito tempo atrás. Estive desempregada demasiado tempo para meu gosto. Divorciei-me. Voltei à luta (a todas as lutas da vida). Sou mãe de uma menina linda há, relativamente, pouco tempo. Descobri uma doença genética que me fez repensar algumas coisas na minha vida e quão longa e saudável desejo que ela seja. Cresci (Olá, vida adulta!) e este espaço virtual cresceu comigo.

Criar o blog foi um acto de coragem, assim como escrever os Recursos do Escritor. Afinal, o que tinha eu para oferecer aos outros, que não fosse o que ia aprendendo na viagem? Publicar o meu livro foi uma loucura. Tantos houveram que nem sabiam que eu escrevia… Continuo a manter uma vida profissional a tempo inteiro e a encaixar a minha escrita nos meus tempos livres.

Acredito na tríade que dá o mote a este blog:

Arte a Escrever. Engenho a Publicar. Criatividade a Publicitar.

Sustentado por Qualidade. A qualidade do Trabalho. A persistência na Arte. A perseguição dos Objectivos. A imaginação na Concretização.

Acredito que não existe Criação sem esforço pessoal e, sem sacrifícios. Assim como também não existe Criatividade sem Felicidade.

Para além disto tudo, tenho o péssimo hábito de não desistir. E, que irritação! Fico a remoer, até não me aturar mais, mas não me resigno.

Quem acredita em tempo perdido não pertence ao meu género de pessoas. Usando as palavras de Fernando Pessoa “Tudo vale a pena se a alma não é pequena” e a minha recusa-se a sê-lo.

Tenho muito prazer em recebê-los neste meu cantinho virtual. Subscrevam o blog para receberem todas as actualizações e terem acesso aos Recursos Especiais para Escritores Fenomenais.

E, que venham mais 10 anos mas, se puder ser, com alguns dividendos a caminho que este blog precisa de sustento.

Sejam bem-vindos!

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

There is no courage without fear. I proved it, again and again. 10 years into blogging and I still feel the jitters every single time I push Publish.

Fear. It’s always there. But I keep pushing Publish. Keep writing. And keep living this writer’s life: my life. With more or less followers and visits, I keep writing because I don’t know how to live without.

As a kid, I have fell in love with my father’s books. With those in his library. But not those he wanted me to read. I was not into ‘Ivanhoe’ and ‘Robinson Crusoé’, and I lost count to how many times I said ‘no’ to ‘The Mosquito Coast’.

Instead I devoured Shakespeare’s plays, Stevenson’s ‘The Black Arrow’, and a few more. My father always had a lot of books from which to choose from. Even now, there’s a Michio Kaku smiling at me. And he took my Bertrand Almanac from 1918 to read (a pearl found in a used bookstore in downtown Lisbon).

It was in my pre-adolescence that I started collecting ‘The Famous Five’ and ended up convincing my father to buy me ‘Bram Stoker’s Dracula’ in Lisbon’s Annual Book Fair (my mother almost had a stroke with that).

As for poetry, I started young reading Fernando Pessoa ‘The Mad Fiddler’ and Florbela Espanca. I wrote some poems whenever I felt inspired, or sad, or something.

But, for real I started writing music lyrics. First, reinvented well known songs. Guns n’ Roses were my favourite back in the days. Then I started to create my own music. On those days I thought I could sing and write music.

Later I settled with writing. In every format I could come up with. Everything but Diaries. I loathed Diaries and still do. It’s a personal hate.

As for published writings it’s this blog, in its 10th anniversary; a fiction/fantasy novel (Percepção – Ed. Alfarroba); a few poems in specialty anthologies (Chiado Ed.) and my poetry devoted blog (Ser Poeta); a dystopian short-story in a dedicated anthology (Por Mundos Divergentes – Ed. Divergência); and a micro-story (Fénix N.º 2); a self-published short-story available for free (Dragões de Simir – Smashwords); and a few others in a special project, a blog fully dedicated to portuguese fantasy and fiction (Fantasy & Co.), also available for free.

I also have a few books hiding in the drawer and they shall stay there. And some of my other writings are also in there.

About me personally…My life changed completely not very long ago. I was unemployed for too long as far as I’m concerned. Got divorced. And went back to fighting (all of life’s battles). I’ve became a proud mother of a baby girl. And discovered a genetic disease that has made me rethink some things in my life including the amount of it and how healthy I want it to be. I’ve grown (Hello, adulthood!) and this blog has grew with me.

To create this blog was an act of courage, as was to write the Writer’s Resources. After all, what did I had to offer others but my own journey. Publishing my novel was insane. And there were so many people in my life that didn’t even knew I was a writer. I keep my day job, my full-time day job, and try to manage time to acomodate my writings.

I do believe in these three concepts:

Writing with art. Publish with ingenuity. Advertise with Creativity.

All three quality sustained. Quality work. To be persistent in this art. To pursue defined goals. To achieve imaginatively.

I believe there is no creation without personal effort and sacrifices. Also that there is no Creativity without Happiness.

Furthermore, I do have the nasty habit of refusing to give up. And this is annoying. I row until I can’t endure one more word, but I won’t quit.

Those who believe that it’s wasted time aren’t my kind of people. Unfortunately we all have a few of these. Quoting Fernando Pessoa “All is worthwhile if the soul is not small” and mine refuses to be.

So, it is my very big pleasure to have you in this virtual corner. Do subscribe the blog for all updates and to gain access to Writers Resources for Fenomenal Authors.

And here’s to the next 10 years. But if possible with more income on its way so that I can keep it alive.

Welcome!

Segue-me / Follow me:

facebook

twitter

google+

PinterestLogo

instagram

 

 

tumblr-icon

goodreads

youtube

Contacta-me / E-mail me: