Água

Água que me faz viver,

Vem saborear o teu reino.

Passar como quem quer ser,

O melhor do que tenho.

Água luzidia,

Que bailas dentro de mim,

Reflecte o exterior,

Delicia-te no meu fim.

Vida que sinto em ti,

Transmito-a, para além de mim.

Espero um dia ser,

As águas que correm assim.

Anseio conhecer,

Ó água que vive aqui,

Só tu és limpa,

Quando passas por mim.

Água que gera vida,

Levas-me a alma,

Aqui és lida,

Que passa e acalma.

 

Sara Farinha
…………
Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *