Gratidão no Dia Internacional do Obrigada

Dia Internacional do Obrigada

Diz-se que, quando as coisas mais nos custam, costuma ser quando mais precisamos delas.

E, esta é uma liçãozinha da m****… a par de tantas outras como “A vida é f*****”, ou “Coisas acontecem”, ou “Não importa o quanto te esforças se não tens sorte”…

E, se coisas há que não conseguimos fazer quando mais precisamos delas, outras temos o dever de persegui-las. Porque nos fazem bem. Porque nos podem vir a fazer bem, se lhes dermos uma hipótese. Porque, em última análise, mal não fazem mesmo se não resolverem nada.

Este é um ponto que ainda não descortinei lá muito bem mas que, à semelhança de outros projectos com algo de ocioso, acredito que venha a trazer benefícios. Este é o meu pequeno projecto dedicado à Gratidão em 2020.

gra·ti·dão
(latim gratitudo-inis)

substantivo feminino

1. Sentimento de lembrança e agradecimento por um bem recebidoem relação ao autor. = RECONHECIMENTO

2. Qualidade do que é grato.

“gratidão”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020

Este sentimento de lembrança, e agradecimento, por algo que recebemos parece-me, não apenas um exercício de Psicologia, mas algo que relembra porque cá andamos neste mundo.

Por vezes, é tão difícil agradecer. Por vezes, quando tudo parece estar a nosso desfavor, esquecemo-nos de agradecer aquelas pessoas, situações e coisas, que nos mantêm vivos.

Hoje, 11.01.2020, Dia Internacional do Obrigado…

escolho agradecer-vos pela preferência aqui pelo meu cantinho e marco este dia, no meu/vosso calendário, com algumas ideias para as vossas práticas mais criativas. Escolho apontar um exercício que vos ajudem a agradecer.

Há uns tempos li (e ouvi) umas coisas sobre Gratidão e Exercícios de Gratidão. Alguns argumentos começaram a fazer algum sentido para mim. Afinal, eu reclamo… muito… de quase tudo. De tal forma que, tive de rebatizar as pessoas que conduzem as outras viaturas, para não ensinar todas as asneiras do livro à minha pequena enquanto a levo à escola.

“Este senhor na mota quer ficar sem joelhos…” – eu, hoje enquanto éramos ultrapassadas pela direita. Ao que ela responde – “Filipe, mãe. O senhor chama-se Filipe.” – Pelo menos, ela parou de perguntar quem era o Zé (o primeiro nome de baptismo que dei a todos os idiotas que andam na estrada).

Qualquer pesquisa, no vosso motor de busca favorito, vai listar um rol de exercícios que podem fazer para se relembrarem de agradecer o que têm (e pararem de reclamar do que não têm).

Só neste artigo, encontram os 13 Exercícios de Gratidão Mais Populares. Podem escolher um e pô-lo em prática porque, efectivamente, o que muda é o meio que usam para o apontar.

Eu escolhi usar a minha agenda para isto. Criei um cantinho especial chamado “Grata por” e tenho apontado o que agradeço a cada dia que passa. Tenho muito pelo que agradecer e, neste momento, bem preciso agradecer o que tenho. Para nunca esquecer o que quase não tive… e, nunca esquecer que já vi momentos piores.

Espero que usem este dia para agradecer aqueles que vos ajudam todos os dias. Aos que não vos recusam ajuda. Aos que não vos abandonam nas dificuldades. Aos que se esforçam por vos entenderem mesmo se, por vezes, não sabem bem como fazê-lo.

Agradeçam aos hobbies que vos alimentam a Alma. Às actividades que vos enchem o coração. Às práticas que vos ajudam a respirar mais uma, e outra, vez.

Agradeçam por terem tudo o que têm porque, o que não têm, trata de si próprio. O que não têm, e querem ter, ou estará algures mais para a frente ou nunca deveriam ter de todo.

Agradeçam mais um minuto aqui. Este em que os pássaros cantam, as crianças gritam e o calor do sol aquece o rosto. É tudo o que temos (e o que levamos connosco) para agradecer.

2020 com um Exercício de Gratidão. Alinham?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.