Literatura Feminina Esquecida

baú de curisosidades

Aviso: Este é o Baú de Curiosidades. Um espaço para as curiosidades, com que me tenho cruzado, nesta viagem pelo mundo da literatura. 

No outro dia estava a explorar o canal de YouTube da Becca C. Smith e cruzei-me com uma playlist de vídeos muito interessante.

Chama-se ‘Forgotten Female Fiction‘ e são 4 episódios [apenas😞 ] que a Becca criou sobre a Ficção Feminina Esquecida.

Óbvio que, criar estes episódios, requer muita pesquisa. Óbvio que haverá muitos nomes sobre os quais não se recupera informação em suficiência ou fidedigna. Óbvio que se foram Esquecidas, muitas haverá das quais poucos, ou nenhuns, registos existem.

O que, por um lado, explica porque só existem 4 episódios e, por outro lado, é claro que explica porque adorei a ideia!!!

Claro que a Becca se focou em autoras de ficção norte-americanas mas, de qualquer das formas, é um conjunto de vídeos com muita informação deveras interessante. Assim, daquele tipo que alimenta a nossa imaginação…

E, se num país tão grande como os EUA, muitas escritoras de ficção houveram que foram esquecidas, como será o panorama aqui deste lado do oceano?

Aquilo que foi chegando até nós são histórias de mulheres que:

  • a quem não era permitido aprender a ler e escrever.
  • que necessitavam do aval de um homem para poderem comercializar o que escrevessem.
  • incentivadas a não exercer ou mesmo proibidas de exercer qualquer actividade profissional.
  • mulheres que fingiam ser homens para poderem escrever e publicar.
  • a existência do termo Anónimo que usavam para poderem publicar o que escreviam.
  • o descrédito, o desdém, e a proibição de acesso a locais e eventos de que as mulheres eram alvo.
  • a qualidade da obra associada ao género do seu autor.

E, no entanto banalizou-se dizer que ‘Frankenstein’ de Mary Shelly foi a obra que fez nascer a ficção científica.

Ou, banalizou-se ler ‘A Room of One’s Own’ de Virginia Woolf como uma representação de algumas destas realidades.

Ou, banalizou-se desvalorizar a obra de Jane Austen porque é romance (as suas seis obras são um legado à humanidade).

Barreiras que não se esquecem- mesmo se alteradas pela passagem do tempo, e que procuramos ultrapassar, da forma que nos é possível.

O tempo relega ao esquecimento muita obras, e muitos escritores, mas são as mulheres que mais parecem ter sofrido esse destino.

Onde está a Ficção Feminina Esquecida? E, o que estamos a fazer para que se minimize o esquecimento?

Achei que este seria um bom elemento para reactivar o Baú de Curiosidades. Não me recordo porque escrevo tão pouco destes artigos, se há tantas curiosidades para descobrir e relembrar.

Obrigada e Até Breve!

***

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: