Baú das Curiosidades: A mesa de Jane Austen

a mesa de Jane Austen

Há tanto tempo que não escrevia para o Baú de Curiosidades aqui do blog. Porquê? Não faço a menor ideia… Considero que existem peculiaridades literárias, ou correlacionadas com literatura, que são o sumo que nos alimenta a alma.

O último Baú de Curiosidades que escrevi foi sobre Júlio Verne e o poder da obra deixada, o pai da Ficção Científica, mas também podem ver Peculiar Vargas Llosa e a suspeita de plágio, ou Os Monitores de Terry Pratchett sobre… o uso dos seus seis monitores. E, mais uns quantos artigos cheios de curiosidades literárias.

Desta vez, abro o Baú de Jane Austen e partilho convosco uma imagem que me marcou profundamente.

mesa em pormenor
A mesa de escrita de Jane Austen

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta é a mesa onde Jane Austen reescreveu todas as suas obras e mais coisas que tais. Uma peça de mobiliário que tem subsistido à passagem do tempo, e que se encontra para visita, na última casa onde Austen viveu (ainda com saúde).

Podem ler mais sobre esta peça de mobiliário e o seu impacto nos visitantes aqui, no website oficial da Casa de Jane Austen.

Podem fazer uma visita virtual à casa aqui… Aconselho!

casa de Jane Austen

É impressionante procurar experienciar, sentir e compreender, o que teria sido a vida de Jane Austen, em especial, após ter passado uns meses a absorver a sua obra literária mas, sobre isto, podem ler mais no artigo Leituras de Maio… ou Leituras de Jane Austen.

E, não perco a oportunidade de sugerir que vejam o video Virginia Woolf on Jane Austen’s Writing Style e, se o tema vos interessa, o vídeo Who Was The Real Jane Austen?

Entretanto, e voltando à peça de mobiliário em questão, convido-vos a olhar bem para esta mesa e, apesar de saber que existe uma portável, que lhe foi oferecida por seu pai, em 1792 (esta aqui…) e que é um item curioso, é esta pequena mesa, escurecida pelo tempo e uso, que me faz imaginar o acto de escrita de Jane Austen.

Esquisito? Sem dúvida. Mas real.

Todas as suas obras viram o tampo desta pequena mesa. Um tampo tão pequeno que é difícil imaginar como aguentaria qualquer peso sem tombar. Todas as seis obras que nos legou, viram algum estado de desenvolvimento ali. Mais, a obra inacabada, ‘Sanditon‘, teve início ali…

Até arrepia!

Obrigada e Até Breve!

Sigam o Vlook, o canal YouTube deste blog, só sobre livros…

Não se esqueçam de subscrever o blog por e-mail e recebem, todos os Sábados, um vislumbre exclusivo sobre os bastidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.