Recursos do Escritor: Uma ferramenta para Publicar como Independente

Publicar como Independente

Hoje o Recurso do Escritor é fora deste blog. Há muito que vos falei do Smashwords. Esta é uma plataforma de publicação e distribuição de ebooks que tem crescido e posicionando-se de forma muito interessante no mercado da autopublicação..

Há uns anos decidi experimentá-la, publicando o meu conto ‘Dragões de Simir‘, usando a funcionalidade de pedir ISBN, e disponibilizando o texto para leitura, sem qualquer custo para o leitor (que podem ver aqui…). A par deste conto o projecto Fantasy & Co. disponibilizou também o meu conto ‘Actos de Dor’ (que podem ler aqui…).

O Smashwords é um website que facilita todo o processo de criação de um ebook e distribuição pelos diversos livreiros virtuais. Com alguns cuidados na formatação de manuscritos, esta é uma plataforma onde o autor pode disponibilizar as suas obras (em ebook), solicitar um ISBN (sem qualquer custo), distribuir pelos livreiros (como a Amazon) e escolher a sua estratégia de mercado (incluindo preços).

Desde que comecei a usar o Smashwords que dediquei algum tempo a ler os manuais aconselhados para conseguir manobrar as ferramentas da auto-publicação. Não foi tarefa fácil mas, com persistência e empenho, resolvem-se os contratempos.

Agora, Mark Coker o fundador do Smashwords, criou um podcast cujo intento é ajudar-nos a usar esta ferramenta e publicar livros como um profissional.

Não sei se repararam mas já havia mencionado isto aqui, nos 9 Recursos para o Curioso que há em ti.

Neste momento estão disponíveis 15 ficheiros (áudio/transcritos) que podem ser ouvidos/lidos aqui…

Publicar não é, de todo, o findar da nossa viagem de escritores. Tal como já escrevi noutros artigos (Se desejas publicar, porque não publicas?), publicar não é um fim em si mesmo, é o início de outros trabalhos, e de outras considerações sobre os nossos textos.

Para todo o argumento contra a auto-publicação existe outro que o contrapõe. Como em tudo na vida, os resultados do que fazemos depende do empenho que exercemos a perseguir determinada coisa. Publicar como independente reforça a necessidade desse empenho pelo estigma que carrega.

Neste momento, muitos há que venceram as barreiras da publicação tradicional e que se destacaram na publicação independente. Muitos há que provaram o seu valor literário na publicação independente e que se viram contactados por empresas tradicionais. Muitos há que continuam a escrever, e a publicar, pelo exercício/prazer/demonstração de persistência.

Se se enquadram em alguma destas categorias sugiro que reservem algumas horas para este podcast. Muito temos a aprender sobre a publicação e autopublicação.

::::::::::::::::::::::::::

Subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

 

Donate! Help support this site!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *