O som da Escrita (Ommwriter)

O som da escrita

Sofro de (mais do que) uma maleita que acompanhou o pós-nascimento da minha pequena: Excesso de ruído quando estou a (tentar) Criar.

Nunca valorizei tanto o silêncio como quando o perdi. As únicas horas de paz imperturbável acontecem quando me levanto, sozinha, antes do nascer do sol.

Depois, à medida que o dia avança, são ruídos por todo o lado numa cacofonia de sons que me deixa exausta. Em casa, na rua, no trabalho…

Calar a mente ansiosa, e propiciar o Silêncio necessário para trabalhar, é algo a que me habituei a perseguir… Com maior ou menor sucesso. Assim, cada vez que me cruzo com algo curioso, e que possa ser uma solução para esta falta de silêncio, apresso-me a testar.

Foi o que aconteceu com o Ommwriter. Ora, testem lá…

Os aficcionados dos sons do teclar das antigas máquinas de escrever vão gostar. E, os fãs da FC também. É o sítio perfeito para pensar e escrever. Ou, pelo menos, assim diz a publicidade.

Assim, junto aos outros recursos, que podem ver aqui, o Ommwriter.

E, apesar de não resolver a minha falta de Silêncio, ajuda.

 

Subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

 

Donate! Help support this site!

 

 

5 comentários em “O som da Escrita (Ommwriter)”

  1. Muito bom Sara, muito bom mesmo.
    És de facto, uma alma luminosa que brilha a grande altura neste mundo e partilha riquezas incrivelmente belas.
    Adicionas valor à humanidade e à imensidão em que nos movemos e somos.

      1. Não te sintas envergonhada Sara, quem escreve e partilha com o mundo o que tem dentro de si, de forma genuína, sincera e com um coração aberto (as tuas palavras são testemunhas disso), merece inteiramente receber estes elogios de quem te vê e reconhece algo com que se identifica profundamente. Encara-o como um agradecimento e um “feedback” do Universo ao excelente trabalho que desenvolves com generosidade, sacrifício e autenticidade.
        Deves acima de tudo sentir-te bem e em paz contigo mesma, pois descobriste-te e encontraste a tua razão de existir e isso é tudo o que realmente importa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.