Opinião: ‘Quem disser o contrário é porque tem razão’ de Mário de Carvalho

Quem disser o contrário é porque tem razão

“… os grandes artistas são aqueles que impõem à humanidade a sua ilusão particular.” (Pág. 47)

Seja qual for o conceito, é sempre o inverso que se aplica. Acreditem, vão deparar-se com muitos preconceitos, ideias pré-formadas e pouco, ou nada, fundamentadas. Irão ler sobre o conhecimento socialmente aceite e amplamente divulgado. E, por fim, constatar que é tudo uma questão de aprender o que existe e criar o nosso próprio percurso. read more

Construir o nosso panorama artístico nacional

Construir o nosso panorama artístico nacional

26 de Março comemoro o Dia do Livro Português. Consciente de que, hoje em dia, há dias para celebrar Tudo numa tentativa inglória de sensibilizar as pessoas perante coisas importantes nesta vida.

Em Portugal, esta data foi criada pela Sociedade Portuguesa de Autores com o intuito de destacar a importância do livro, do saber e da língua portuguesa em todo o mundo. read more

Voz de Escritor em 9 Actos

voz de escritor em 9 actos
O que é a Voz do Escritor?

É a forma como tu escreves, o teu estilo pessoal. É tudo aquilo que só pode ser escrito por ti, com a tua forma de ver o mundo, a tua experiência pessoal, a manifestação física da tua individualidade.

Como encontras a tua Voz de Escritor?

Escrevemos. A única forma de encontrarmos a nossa Voz de Escritor é manifestarmo-la através da actividade da escrita em si. read more

Ser Escritor em 9 Passos

Ser Escritor em 9 Passos

Por vezes, esqueço-me do que senti ao começar. Por vezes, sinto que continuo a esuecer-me de fazer coisas básicas. Tão básicas como sentar o tutu na cadeira e escrever.

Escrever sem planos, sem regras, sem algemas. Sentar-me e Criar. E, o resto, que se ajeite. read more

Recursos do Escritor: Speed – As histórias de Hollywood

as-historias-de-hollywood

Sabem qual é o problema de estudar como se constrói uma boa história? Transforma-nos em maus espectadores.

A partir do momento em que começamos a compreender a produção ficcional como um conjunto de partes, com funções específicas, reviravoltas planeadas, experiências emocionais delineadas, eventos que avançam o enredo e personagens coerentes, numa consistência construtiva das fundações de uma história, nunca mais podemos não ver a importância dessas coisas. read more

Opinião: ‘The Art of War for Writers’ de James Scott Bell

the art of war for writers

Nas palavras do autor, James Scott Bell, este não é um livro que ensine como escrever. É, sim, um livro que pretende preencher algumas lacunas naquilo que é ensinado nos outros livros e aulas de escrita criativa.

Inspirado nos ensinamentos de Sun Tzu, o general chinês que muito reflectiu e partilhou sobre a arte da guerra, este manual divide-se em 3 partes: read more

Opinião: ‘Fábulas’ La Fontaine

Fábulas

Este é o aspecto do meu exemplar de ‘Fábulas’ após leitura… as cores não têm qualquer significado, apenas a marcação das pequenas histórias que, por este ou aquele motivo, mais me agradaram.

Não posso falar desta ou daquela mini-história porque cada uma delas tem um significado muito próprio para quem o lê. Posso citar alguns desfechos que reúnem a essência de algumas Fábulas. read more