Abstract: Uma ideia certa é imparável

Abstract uma ideia certa é imparável

Recorrendo ao modo cliché: Estou de molho… outra vez.

E, o que se faz quando se está fisicamente incapacitado? Vá! E, mentalmente, arreliado?! Vê-se televisão. Eu vejo. Aos magotes.

Descubro que perdi, sabe Deus, quantas séries do ‘The Big Bang Theory’. Que comecei, algures no tempo, a seguir o ‘Mentalista’. Que posso ver de enfiada todos os 8 episódios do read more

Abstra(c)to – Um documentário para o Artista que há em ti

Abstracto

“Sometimes, you read a book and it fills you with this weird evangelical zeal, and you become convinced that the shattered world will never be put back together unless and until all living humans read the book.”  – “Por vezes, lemos um livro que nos enche de um estranho e fervoroso zelo religioso, e convencemo-nos que o mundo destruído nunca se irá recompor, a menos que read more

O que usamos quando escrevemos? Experiência pessoal

O que usamos quando escrevemos Experiência pessoal

Há uns tempos lancei um desafio:

Convido-vos a fazer uma lista de todos os passatempos que tiveram na vida. Percam uns minutos, ou mais tempo, e anotem todos aqueles de que se lembram. Destes marquem aqueles que ainda praticam. Depois, à frente de cada um deles escrevam o motivo ou motivos que vos levaram a abandonar ou manter essa actividade. No fim, releiam tudo e partilhem connosco (aqui read more

Uma confissão elaborada

Make something simple. Start small.

Talvez este não seja o local apropriado para vos contar uma história. Talvez seja o local ideal. Afinal, a vida é feita de histórias, e este blog é uma ferramenta de comunicação que serve escritores, artistas… pessoas de/com histórias.

Esta é uma parte do que tem sido a minha vida, algo que já tinha mencionado read more

Inspiração para começar

Inspiração para começar

A vista sobre o relvado reluzente era difícil de abarcar num só olhar. Sentia o muro de pedra pressionar o estômago. O ar húmido permeava os pulmões. O sol tímido espreitava, por entre as nuvens, sem nos saturar com o seu calor.

Inspirei fundo.

Ao meu lado oiço: Consigo perceber porque se mudavam para aqui para escrever. Imagino-os aqui. Aliás, imagino-me aqui, sentada, a escrever todos read more

Visita à 88.ª Feira do Livro de Lisboa

88 Feira do Livro de Lisboa

Este foi o terceiro ano em que a minha piquena acompanhou a mamã (os papás) à Feira do Livro de Lisboa. A 88.ª Feira do Livro de Lisboa.

Espero poder continuar a criar memórias de visitas à Feira. Guardo muitas da minha infância e, também, da minha vida adulta e profissional. Agora, quero gerá-las com a minha filhota.

Sei que ela já tem o bichinho da leitura. Uma coisita pequenita, read more

Arte é… Criar sem saber Porquê

Arte é criar sem saber porquê

Se são como eu, ou parecidos, andam sempre à procura de algo que vos inspire. Uma ideia, cor, desenho, conversa, algo que possa ser assimilado e transformado noutra coisa, diferente, minha. Uma espécie de Arte ou cujo produto final possa ser chamado disso.

E, se forem como eu, recolhem essas ideias como pérolas que depois dispersam por todo o lado de forma incoerente e pouco produtiva. Neste read more