Opinião: ‘Almost Everything’ de Anne Lamott

Almost Everything Notes on Hope

Não sei se já vos disse, mas… gosto tanto dos escritos da Anne Lamott.

Sinto sempre que pude beneficiar da experiência de vida de alguém tão imperfeito como eu. Que não se esconde atrás de falsas imagens públicas. Que aceita, ou faz um show quando não aceita, as realidades da vida. read more

Ler para Escrever e Desafio de Leitura para 2019

Ler para Escrever e Desafio de Leitura para 2019

Há tanto tempo que não publico um artigo para A Minha Biblioteca

Não que tenha parado de ler. Pelo contrário. Mas, nem tudo o que leio me incentiva a escrever sobre… E, depois, há os outros cuja explosão me impedem de articular de uma forma que faça jus ao que acabei de ler. read more

Opinião: ‘Stitches: A Handbook on Meaning, Hope, and Repair’ de Anne Lamott

stitches

Tenho a certeza que já vos tinha dito mas vou repetir: sou fã dos escritos de Anne Lamott.

Como repararam (ou não) nas últimas duas semanas virei a câmera fotográfica para as páginas de um livro que era, praticamente, residente oficial da minha wish list.  Finalmente, adoptei ‘Stitches‘ e trouxe-o para casa. read more

Operação Livros no (meu) sapatinho: As prendas deste Natal

Selo 1

Natal e Livros, Livros e Natal. Aqui em casa não há Natal sem livros. Pelo menos, para mim.

Este ano ofereci alguns às crianças (lá voltei a dar uma de tia chata 😀 ) e apenas um para um adulto. Gosto de oferecer livros e estes foram os possíveis. read more

Recursos do Escritor: O Objectivo da História (a.k.a. Story Goal)

551534_10151398666253105_1508369217_n

Cada personagem principal deve vir munida dum objectivo pessoal, uma ambição, algo que deseja acima de tudo. São esses objectivos que justificam a criação de uma história.

O desenrolar do enredo é uma busca da resposta à questão se a personagem principal vai concretizar ou falhar na prossecução desse objectivo. read more

Diário de Bordo: Leituras em 2012

the-last-boyfriend

Estamos naquela altura do ano em que começamos a olhar para trás e a pensar no que se segue. 2012 foi um ano muito animado quanto a leituras. Recorrendo aqui ao Goodreads (uma espantosa ferramenta que ajuda a manter o registo dos livros lidos) este ano conto 102 leituras, excluindo os que reli ou li original e tradução portuguesa.

À semelhança do ano passado, deixo-vos uma pequena lista dos livros que marcaram o meu 2012: read more