Palavras Soltas: Práticas de uma assídua Leitora de e-mails

Práticas de uma assídua Leitora de e-mails

Subscrevo uma quantidade admirável de blogues por e-mail.

Admirável porque, produzem tanto que, parece que nunca consigo fazer descer a contagem da caixa de entrada dos 15 000… OK. Passar dias sem limpar a caixa de correio, e ter três e-mails a descarregar para o mesmo sítio, não ajuda.

Comecei o ano com vontade de “limpar” as minhas listas de subscrições.

É demasiado. Não há tempo para ler tudo e a caixa read more

Palavras Soltas: Obrigada

obrigada

Achei apropriado agradecer a todos aqueles que me visitam, comentam e partilham os conteúdos deste meu cantinho virtual.

Neste Dia Internacional do Obrigado quero deixar o meu Obrigada por 9 anos (leiam tudo sobre o 9.º aniversário do blog aqui…) e uns meses (quase uma década!!) de blog.sarafarinha.com. São as vossas visitas que me ajudam a continuar.

:::::::::::::::::::::

Subscrevam

read more

Palavras Soltas: Bob Dylan, o Nobel e a minha canção

bob-dylan

Bom, quanto ao premiado com o Nobel da Literatura… diz que foi tudo ao lado. Dos cinco favoritos não ganhou nenhum. E, o Prémio Nobel da Literatura em 2016 vai para Bob Dylan… O senhor que escreveu a minha canção.

Bob Dylan foi premiado “por ter criado novas expressões poéticas na tradição da canção americana”, read more

Palavras Soltas: Escrevo porque sim

palavras-soltas-escrevo-porque-sim

Porque quero escrever um livro? Porque sim.

Não há motivo melhor para querer escrever um livro do que querer escrever um livro. (tweet this)

Não preciso de justificações, nem necessito defender a minha posição, ou elaborar sobre os motivos. Esta é uma daquelas situações em que o ‘porque sim’ basta.

Porque gosto mais de azul do que de amarelo?
Porque odeio nabo roxo?
Porque prefiro uma costeleta de vaca ao invés de lombo de porco?
Porque prefiro vestir read more

Palavras Soltas: A (minha) Síndrome do Impostor

síndrome de impostor

Como escritores debatemo-nos amiúde com as complicações da mente. Da nossa e dos outros.

A nossa arte manifesta-se, exactamente, sobre as questões que colocamos, e as diferentes respostas que encontramos para as nossas escolhas tão humanas.

read more

Recursos do Escritor: Já pensaste em desistir?

pensas desistir

Ando aqui a pensar… se não consigo comprometer-me a escrever, pelo menos, 500 palavras por dia como posso pensar em produzir algum texto de jeito?

Tenho participado numa série de desafios artísticos mas pouco voltados para a escrita. Claro que, mesmo nestes em que a fotografia impera, acabo sempre por complementar com algo escrito. Contudo, para mim, não é suficiente.

Ajudam a inspirar? Sim.

Ajudam a reunir ideias? Sim.

Ajudam a sentir que faço parte de algo comum, mesmo à distância de continentes entre os participantes? Sim.

Com isto em mente, read more

Palavras Soltas: Agora, imagina que desejavas começar a escrever

começar a escrever

Imagina-te com setenta anos. Imagina que viveste uma vida de trabalho físico, sem grande contacto com a escrita. Imagina que sempre tiveste mais apetência para os números do que para as letras. Para ti, os números faziam sentido, tinham regras imutáveis. As letras, não. Apesar de sempre teres lido bastante, cingias-te a leituras sobre assuntos práticos. A vida havia sido demasiado prática read more