Diário de Bordo: Ponto de Situação Semestral

Diário de Bordo

Agosto. O meio do ano veio e… passou. Agora é tempo de fazer um ponto de situação.

Comecei o ano empenhada em aprofundar algumas ideias que haviam começado a manifestar-se no final de 2017. Escrevi o artigo Novas Modas e um 2018 muito especial, com todos estes temas, o qual me ajudou a especificar tudo aquilo que me vinha sustentando há uns meses.

A minha maior vitória, nestes primeiros seis meses do ano, é persistir na minha viagem criativa.

Festejos são requeridos aqui!!!

Apesar de todas as pressões para me conformar com tudo aquilo que os outros estão a fazer, e entrar nesse mesmo barco, continuo sem vontade para isso. No entanto, apercebi-me da dimensão da ideia: a Criatividade e a Vontade Criativa pode ser alimentada nos outros.

Qualquer que seja a vossa actividade, inspirar-vos a ser o melhor que podem ser, é algo que me fascina.

Continuo a apostar, em especial, em conteúdos com Ser Escritor em 9 Passos ou Abstra(c)to – Um documentário para o Artista que há em ti e Inspiração para começar.

Continuo convicta que, aquilo que fazemos, define quem somos. Click To Tweet

Por outro lado, a descoberta de conceitos como Minimalismo e Simplicidade, ajudaram-me a colocar em perspectiva quem sou e o que me incentiva a ser uma pessoa melhor.

Acredito que, cada um de nós tem uma versão disto. As minhas ideias sobre o mínimo e o simples são diferentes das tuas. Nenhuma delas é finita, errada ou aplicável a toda a gente.

Para mim, estas são realidades em constante afinação. Eu sei que preciso de ordem nos meus espaços. Preciso de me livrar de muitos objectos de tempos a tempos (seja qual for o destino que eu lhes dê). Mas, também sei que, por exemplo, adoro criar objectos decorativos, por isso livrar-me daquela caixa cheia de papéis decorativos, botões ou fitas, nunca irá acontecer. Nem pode acontecer. É material pronto a ser usado.

2018, o ano do Crescimento Criativo tem dado frutos.

Voltei a escrever. A criar objectos. A desenhar, pintar e técnicas de mixed media. A rever textos. A fotografar. A ler outras coisas. A ouvir podcasts. A ver documentários. A meditar.

Voltei a organizar o meu espaço (ou a falta dele) para incluir o que preciso para me dedicar às minhas Artes.

Sete meses passaram desde as resoluções anuais e, com um Plano Operacional Criativo, Vontade de Crescer Criativamente, Atenção orientada para aquilo que me faz sentir feliz, o Crescimento Criativo tem-se manifestado naquilo que faço.

A segunda metade do ano vai ser diferente. Eu sei que será. Por isso, o Plano é adaptar o Plano.

Continuarei a perseguir a Simplicidade, o Crescimento Criativo, a Saúde (que bem preciso), a Inovação e tudo o que me faça Ser e Sentir Melhor comigo mesma e com os outros.

Um Escritor Feliz é um Escritor que Escreve. Que aprende. Que cresce. Que partilha. Click To Tweet

E tu? Como tem sido o primeiro semestre de 2018?

::::::::::::::::::::::::::

Subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

Donate! Help support this site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.