Diário de Bordo: Adeus 2013!!! Olá 2014!!! Metas Anuais

Diário de BordoEste é o último artigo da série ‘Adeus 2013!!!’ e o primeiro de ‘Olá 2014!!!’. As últimas semanas, e a necessidade de resumir o que andei a fazer nos últimos 12 meses, deixaram-me com a cabeça às voltas. Entre o que estipulei fazer e o que fiz na realidade não posso dizer que tenha havido grande discrepância. Mas, e há sempre um ‘mas’, percebi que os resultados não foram os esperados.

É certo que não posso definir objectivos que não derivem dos meus esforços pessoais. É impossível determinar que resultados irei obter quando estes não dependem de mim em exclusivo. Contudo, algures pelo caminho, perdi a visão do alvo. (ou será que alguma vez o vi de todo?!) Não saber o que queremos fazer, onde queremos chegar, qual é o alvo, é o princípio para não chegar a lado nenhum. O nosso maior obstáculo (ou incentivo) é essa incerteza. Podemos não saber como lá chegar, ou se lá chegaremos, mas não podemos desconhecer o que queremos.

Em 2013 aprendi muito. Confesso que, em algumas situações, mais do que gostaria. Aprendi a coordenar o meu tempo, a dedicar-me a um projecto de cada vez, sem negligenciar os restantes, a concentrar esforços e a encontrar a centelha que nunca me deixa desistir, por pior que sejam as circunstâncias.

No início do ano estipulei algumas metas, actividades cujos os objectivos só dependiam dos meus esforços, e imaginação, e que vão para além da simples produção em massa. As metas devem ser definidas de acordo com aquilo que sabemos ter de melhorar, e ser suficientemente reais para poderem ser avaliadas, medidas e contabilizadas.

1.ª Meta: Os Contos

Quando criei o Desafio 12 Meses/12 Contos sabia que precisava estudar a arte dos Contos. 12 Meses_2014Defini a produção de um mínimo de 12 contos que encaixava na perfeição no conceito do Desafio. Estou a entrar no terceiro ano deste desafio sendo que ainda me falta completar o conto de Dezembro de 2013 (no qual ainda estou a trabalhar).

Em 2013 escrevi 14 Contos (11,5 para o Desafio em si) e 5 mini-contos. Considero que o objectivo foi cumprido e pretendo mantê-la em 2014.

Meta: escrever 12 contos. Que podem ir acompanhando aqui…

2.ª Meta: Submissões

E, já que estava a produzir Contos, defini que submeteria 6 contos a concursos diversos. Aqui, falhei em grande. Submeti 3, tudo o resto não me pareceu adequado pelo que não consegui cumprir esta meta. Mas, podem ler mais sobre as ‘Submissões’ aqui… Em 2014 defini o mesmo número de submissões.

Meta: submeter 6 Contos a publicação.

3.ª Meta: Poesia

Em 2013 decidi estabelecer um limite de duas horas por semana dedicadas à Poesia e, mais especificamente, ao blogue ‘Ser Poeta’. Escrevi alguma coisa, publiquei muito pouco. Em 2014 pretendo adoptar outra estratégia.

Metas: Escrever um poema por semana; Publicar dois poemas por semana

Vou aproveitar para transferir a minha poesia do blogue ‘Sara Farinha’ para o ‘Ser Poeta’ e divulgar a Poesia intemporal de grandes escritores.

4.ª Meta: Escritos de maior dimensão

capaNo ano passado defini duas metas que, parece-me agora, foram bastante vagas. Primeiro, iria escrever ‘Percepção II’, com tudo o que isso implica em pesquisa, enredos e personagens… O plano era estar preparada para escrever um primeiro rascunho durante o NaNoWriMo a decorrer em Novembro. O segundo consistia em lançar as bases para escrever uma outra obra (sem qualquer ideia-base).

‘Percepção II’ nasceu e (ainda) não vingou. ‘A caminho de lado nenhum’ encalhou, como podem ler aqui… Assim,

Metas: Retomar ‘PercepçãoII’ e ‘A caminho de lado nenhum’. Escrever uma outra obra sobre a qual não quero dar pormenores.

Não podem dizer que não coloco a fasquia alta. Cumprir é que é pior!

5.ª Meta: Blogue ‘Sara Farinha’

A minha plataforma de autora mereceu atenções especiais durante todo o 2013. Celebrei a publicação do artigo #500 e tive a satisfação de, a pouco e pouco, ver crescer o alcance deste meu espaço virtual.

Em 2013 estabeleci que publicaria dois artigos por semana neste meu blogue. Não sei dizer ao certo quantos artigos publiquei (não tenho paciência para ir contá-los) mas deve ter sido à volta disso.

Meta: Manter a publicação de 2 artigos por semana, assim como o ‘Top 3’ de artigos do blogue nas redes sociais.

6.ª Meta: Livros & Leituras

Podem saber tudo sobre as minhas leituras em 2013 aqui… sendo que, acrescento que consegui cumprir a meta dos 100 livros no dia 31 de Dezembro de 2013, como podem ver aqui…

Meta: Ler 100 livros em 2014 dos quais, 40 sejam não ficcionais.

7.ª Meta: Desafios Literários

Para além da mencionada meta dos 100 livros, junto duas novas metas a cumprir.Processed with VSCOcam with g3 preset

Meta: Escrever (pelo menos) 500 palavras por cada dia de Janeiro ao abrigo do Desafio ‘My 500 Words’ (ver aqui…). Assistir às aulas de Yale em Teoria da Literatura (ver aqui…).

8ª Meta: Projectos Públicos Diversos

No ano passado, no âmbito do projecto Fantasy & Co. (que podem conhecer melhor aqui…) estabeleci algumas metas. A primeira prendeu-se com a participação e a segunda com o apoio que pretendia dar ao projecto. Assim, defini que iria escrever pelo menos 3 contos para os Contos Especiais (com tema votado pelo público) e participar na maioria dos eventos especiais que fôssemos criando.

Posso afirmar que cumpri estas metas. Tive o prazer de escrever o Conto Especial de Janeiro ‘O Cálice de Prata’, o Conto Especial de Julho ‘Embalada no teu silêncio’ e o Conto Especial de Dezembro ‘Trapos Vivos’.

Fantasy & Co homenageiaEscrevi o Conto ‘Pão para a alma’ sem qualquer ligação a nenhum evento especial e participei nas Antologias: ‘Universos Literários’ – conto ‘Percepção – Túmulo 62’; ‘Receitas Fantásticas’ – conto ‘Túbaros de Troll Estufados’; ‘Homenagens’ – conto ‘Estel’; ‘Géneros Literários’ – conto ‘O medo é a raíz de todos os males’; ‘O Legado de Eros’ – conto ‘Rumo a casa’. E, participei na celebração do nosso 1º aniversário com o mini-conto ‘A ave que não sabia voar

Entre revisões, planeamento, ideias e alguma conversa, tive a satisfação de poder contribuir para este projecto. Quanto às metas… estou com um imbróglio com os números, porque não posso definir algo que não depende apenas de mim. Mas, e para já, aqui ficam os objectivos…

Meta: Apoiar o projecto dentro das minhas possibilidades e capacidades; Escrever pelo menos 3 contos, sem constrangimentos de temas ou semanas especiais; Participar mais naquilo que são as actividades inerentes ao funcionamento do grupo.

E, para aqueles que odeiam estabelecer metas, se não fossem elas não sei onde estaria, o que teria feito, se teria cumprido alguma coisa, se tinha valido a pena perseguir isto que se constrói de tantos e pequenos nadas.

Hoje, escrevo. Amanhã, também.

Φ

Já definiram as vossas metas literárias para 2014? O que vos vai pôr a mexer durante este ano?

Φ

Artigos Relacionados:

Diário de Bordo 2013: Adeus 2013!!! Os meus escritos

Diário de Bordo: Adeus 2013!!! Por falar em Desafios Literários…

Diário de Bordo: Adeus 2013!!! Os 13 artigos mais visitados e os meus preferidos

ΦΦΦΦΦ

Gostaram deste artigo? Então subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

Ou

Conectem-se comigo aqui:

sarafarinha.wix.com http://blog.sarafarinha.com sara.g.farinha@gmail.com@sara_farinha  goodreads_Sara Farinha  facebook  google+ sarafarinha  Pinterest youtube

8 opiniões sobre “Diário de Bordo: Adeus 2013!!! Olá 2014!!! Metas Anuais”

  1. Bem as minhas metas literárias são diferentes:
    – Terminar um romance paranormal que comecei no Nanowrimo e mete-lo em processo beta – Fev./Março
    – Auto-publicar um ebook (o resto é surpresa) – Janeiro/Fev;
    – Começar a participar mais no Projecto Adamastor;
    – Concluir o projecto do Nanowrimo do ano passado – Julho/Agosto;
    Não me comprometo com mais porque não sei se terei tempo em Setembro (ou mesmo emprego)

  2. Este ano gostava muito, muito, de dedicar-me à escrita. No ano passado quis fazer novamente o desafio de 12 meses/12 contos mas preferi mudar o nome para 12 meses/6 contos, para eu também poder dizer que consigo cumprir desafios. Olhando para a pasta dos contos, vejo que só escrevi dois contos (um ficou revisto) e dois mini-contos.
    Agora vou entregar-me mais a este desafio: vou fazer por não entrar em mais projectos porque estou mesmo interessado em saber o quão mau sou a escrever (se nada, pouco ou muito)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *