Resultados do meu primeiro Camp NaNo

Camp NaNo

Terminei Junho ciente de que Julho ia ser difícil. Afinal, tinha uma cirurgia agendada para o final do mês, o meu primeiro NaNo Camp, e pouco conhecimento real do que isso significava.

Conselho, não requisitado, para os escritores em circunstâncias semelhantes: é preferível planear uma pausa, libertar o horário, e dedicarem-se à recuperação completa. Pelo menos, assim, se conseguirem fazer alguma coisa garantem o sentimento de perfeccionismo (overachiver) ao invés de falhanço completo.

Subestimei a dificuldade da situação. Até tinha um destino de férias marcado para duas semanas após cirurgia…

Gosto de pensar que me recusei a acreditar ‘naquilo que se dizia sobre…‘.

As pessoas costumam falar muito sobre aquilo em que acreditam, em especial, se nunca fizeram o procedimento em questão, e se sentem muito medo dele.  Se ouvirmos as que passaram pela experiência, compreendemos que, cada caso é uma experiência individual. É só pensar no exemplo do parto. Há de tudo.

Mas, na verdade, e no meu caso em particular, precisei de muito descanso físico e fiquei impossibilitada de grande parte de movimentos normais que se fazem num dia. Ahhh! E dores. Muitas dores!

Assim, falhei em avaliar as capacidades para empreender o meu primeiro Camp NaNoWriMo. Achei que serviria para me distrair das dores, como se eu não fosse super sensível a dores.

Mesmo se motivada, com a perspectiva de férias pelo meio, acreditava que seria um bom momento para arrancar com mais uma revisão do projecto ‘Os Metamorfos’.

Ó para a minha cara de “isto vai ser giro!”:

before NaNo Camp

Mas foi mais assim…

Persuasion
Mary no filme ‘Persuasion’… pronto, não fiquei bem assim. Ela estava a dramatizar 😀

Mas, vamos por partes…

O que é o Camp NaNoWriMo?

O Camp NaNoWriMo é um evento que acontece duas vezes por ano, em Abril e em Julho, em que podemos escolher o objectivo de escrita que desejamos ver concretizado, e trabalhar nele.

Para participar, basta registar o projecto no website, à semelhança do NaNoWriMo organizado em Novembro, e definir o que desejamos concretizar.

Isto (o Camp NaNo) até começou bem…

Comecei por preparar o desafio, e tentar perceber o que desejava fazer neste Camp. Uma vez que o grande objectivo aqui não seria as 50 000 palavras, mas fazer um trabalho que pudesse ser medido em palavras, dei-me permissões para ir com o meu instinto.

Entretanto, tinha encomendado o livro “Save the Cat! Writes a Novel”, de Jessica Brody, que iria servir como uma espécie de guia para poder corrigir o passo desta história.

Save the cat

Ora, chega dia 1. Eu, carregadinha de analgésicos até à medula (literal), abro um documento e o que sai?

Um início novo. Uma cena melhor, ou que acredito ser melhor, do que a primeira que escrevi. Portanto,

Plano atirado pela janela!

E, como se não fosse suficiente, achei que Inglês é que era.

Não é a minha primeira obra escrita em Inglês. Mas, não estava no plano que reescrever ‘Os Metamorfos’ implicasse este tipo de transformação. A partir daqui, continuei a seguir o meu instinto… é o que faço, quando não sei o que fazer!

Quando a parte da medicação que geria as possíveis inflamações foi descontinuada por indicações médicas, as dores não seguiram as mesmas orientações.

E, no fim da primeira semana, era cada vez mais difícil manter os braços a funcionar num teclado… ou em qualquer outra coisa.

sentar
A primeira tentativa em me sentar… Só deu para tirar a foto e nada mais.

Neste ponto dos acontecimentos, o ficheiro conta umas, nada impressionantes, 4972 palavras. Pois comecei a reescrever, e a reorganizar as cenas, e a escrever esta história em Inglês.

Assumi, para mim própria que, a pausa podia ser forçada, mas o descanso era necessário para recuperar depressa. E, tinha razão.

Mais para o fim de Julho, voltei a pegar no projecto. Comecei uma revisão à lista de cenas. Tirei notas sobre o que quero fazer. E, procurei aceitar que, nem sempre vejo as coisas com clareza (vou rir até às lágrimas aqui!), mas que tento dar sempre o meu melhor, e ser positiva nas minhas opções. Prefiro viver a vida com Esperança, mesmo se infundada, ao invés de cinismo.

Preferia ter cumprido o objectivo do Camp NaNo?

Claro que sim. Mas, sei que fiz o meu melhor. E, por mais que me aborreça o facto de não conseguir impedir que a parte física se atravessasse no projecto, também sei que precisava disto. Tanto da cirurgia, como de recuperar com calma, como entrar de novo neste projecto escrito.

Mais de um mês depois da cirurgia, e apesar de ainda não estar a 100%, sinto-me tão melhor nos movimentos da minha vida normal, que me faz pensar que as dores valeram a pena.

Pensei bastante sobre o que quero para ‘Os Metamorfos’. E, sobre o que quero aprender com este projecto. Acredito que estou numa posição melhor do que estava para tomar decisões difíceis. Assim, ‘The Shapeshifters’ (só por falta de título melhor) e aqui vou eu… outra vez!

the shapeshifters
A capa vencedora, escolhida por votação, no Instagram.

Esta história nasceu num Universo no qual já tenho uma obra concluída, e que escrevi há uns anos num NaNoWriMo. Não repeti qualquer personagem, ou local, com excepção do conceito. Aqui, mudei o cenário, todas as personagens e quis construir um mundo com mais pormenor e clareza.

Tenho esperança em conseguir chegar ao ponto que imaginei seria o meu objectivo. Ponto este que não quero comentar antes de concretizar.

Enfim, vou continuar a trabalhar nesta história, mas terei de a colocar num bloco de tempo só para ela. E, talvez, venha a ser o projecto do NaNoWriMo de Novembro de 2022… não sei.

Neste momento, tenho à minha frente uma revisão total de cenas, estrutura da história e dimensão das personagens. Esta é uma montanha de actividades que devo combinar com tudo o resto. Enfim… Adoro! Odeio ter desistido no Camp NaNo! Enfim…

E, por aí? Como vão os vossos escritos de Verão?

Obrigada e Até Breve!

***

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: