Sobre “Regresso a Casa” de Susanna Tamaro

Susanna Tamaro

De Susanna Tamaro este é o sexto livro que leio.

Tendo o formato de livro, enquanto o seu conteúdo foge ao objecto em si, “Regresso a Casa” compõem-se por três momentos escritos da autora, contendo dois discursos e uma entrevista. read more

Dia 30 Novembro 2021 e o final do NaNoWriMo

final do nanowrimo 2021

50 412 palavras a dia 30 de Novembro de 2021. E, assim se completa o NaNoWriMo de 2021… mas não ‘Os Metamorfos’.

Podem reler o artigo sobre o poder no NaNoWriMo a funcionar em ‘Novembro é para Escrever‘. read more

Um ponto de situação do NaNoWriMo de 2021

ponto de situação

Depois de uns dias cheios de actividades de Halloween, sobre as quais podem ler mais aqui…, avancei para o próximo projecto.

Não porque tivesse pressa em esquecer o Readathon… não tinha. Foi bem divertido. Mas, porque dia 01 de Novembro marca o primeiro dia do desafio das 50 000 palavras, escritas durante o mês de Novembro, como alertei no artigo ‘Novembro é para Escrever‘… read more

Escritos do dia, Journaling e NaNoWriMo a decorrer

escrever

As últimas semanas testemunharam a alteração do meu journaling matinal. Planeamento do último trimestre do ano, Readathon do Halloween, Novembro, muda a vida, começa o NaNoWriMo…

*** read more

O poder do acesso a livros infantis

dia da biblioteca escolar

Hoje, em Portugal, celebra-se o Dia da Biblioteca Escolar. Outubro sendo considerado o Mês Internacional da Biblioteca Escolar.

Celebrar, e facilitar, o acesso a Livros é (sempre) algo importante.

Assim, read more

Novembro é para Escrever

nanowrimo

Invejo aquelas pessoas que se sentam a escrever, todos os dias, cumprindo o seu horário perfeito, empurrando de forma constante os limites da sua criatividade, demonstrando todos os dias que têm em si a capacidade para desempenhar este trabalho, tal como fariam com qualquer outro.

Invejo-os! Confesso. Ou, melhor dizendo, invejo a fantasia que este tipo de compromisso evoca. read more

Foco no Trabalho que é Importante

foco no importante

Em todo o lado somos confrontados com a ideia de que há milhares de coisas a competir pela nossa atenção.

Haverá ocorrência mais verdadeira do que esta?!

Sim, somos nós que nos habituamos a dividir a nossa atenção por mais do que uma actividade ao mesmo tempo e, nos casos mais extremos, acabamos surpreendidos porque, quando estamos a fazer apenas uma coisa, sentimo-nos desocupados… read more